By Ana Letícia

Como cuidar dos cabelos pós Big Chop

Quem não quer esperar muito para ver o resultado da transição capilar passa pelo big chop. Confira como cuidar dos cabelos pós big chop.

Cabelo cacheado e crespo

Umas das partes mais dificéis da transição capilar é ter que lidar com duas texturas de cabelo. A alternativa mais eficaz, sem dúvidas é o big chop. 

+Leia Como começar a transição capilar

O big chop é um expressão do inglês que significa "grande corte". É quando toda parte alisada do cabelo é cortada dando espaço apenas para o cabelo natural. Esse corte é ideal para quem quer se livrar de vez dos fios alisados.

O BC pode ser feito quando o dono ou dona do cabelo quiser. Não existe tempo ou cumprimento certo, tanto que muita gente corta bem curtinho ou rapa os cabelos para que cresça natural. A transição capilar não é um processo fácil, muitas vezes ouvimos comentários infelizes sobre, a autoestima vai lá em baixo e na maioria das vezes somos nosso maior inimigo. Além de lidar com essas coisas, a transição pode trazer o surgimento de scab hair, um grande vilão. 

+Leia Scab Hair: o que é e como tratar 

Muita gente tem dúvidas de como cuidar dos fios após o BC, afinal é uma textura nova de cabelo e deve ser tratada de maneira diferente da alisada. Algumas pessoas que passam pela transição sequer sabem qual seu tipo de cabelo (eu fui uma delas) e esperam o cabelo crescer para cortar. Então, o que fazer depois do big chop?

+Leia Como fazer o cabelo crescer mais rápido

Como cuidar dos cabelos pós Big Chop

1- Cabelo não é tudo!

A transição capilar é um processo muito difícil para quem é apegado ao cabelo ou nunca teve um corte curto. Muitas mulheres preferem deixar o cabelo crescer bastante, pois acreditam que com o cabelo curto perde sua feminilidade ou não se acham tão bonitas. Desde cedo somos ensinados que quanto mais comprido o cabelo, mais feminina a pessoa é, por este motivo, algumas mulheres tem ou tiveram receio para cortar os fios logo no início da transição.

Quando passamos por este processo, a primeira coisa que devemos pensar é que somos mas que um corte de cabelo. A feminilidade não vai nos deixar apenas por um corte de cabelo e se caso nos arrependermos, perucas e laces existem.

2- Conserte seu corte em um salão

Fez o BC mas não gostou? Pegue inspirações de corte e leve para um profissional consertar ele para você. Você pode fazer o big chop primeiro e depois ir ao salão ou recorrer a um profissional para fazer seu BC.

Existe uma grande diferença entre cortar o próprio cabelo e ir a um profissional para corta-lo. O profissional claramente vai saber como fazer o procedimento de forma correta, além de conseguir ver a parte de trás dos nossos cabelos.

3- Priorize a hidratação

A hidratação é um processo muito importante para cabelos cacheados e crespos. Cabelos crespos tendem a ser mais ressecados devido a curvatura dos fios dificultarem a passagem da oleosidade natural produzida pelo couro cabeludo.

É importante que a hidratação capilar seja priorizada, além de utilizar óleos, cremes e produtos específicos. Você também pode turbinar sua hidratação de diversas maneiras para dar um resultado melhor.

+Leia Hidratação capilar: como fazer um hidratação power

4- Faça cronograma capilar

Existem diversas maneiras de fazer um cronograma capilar e ele deve ser feito de acordo com as necessidades dos seus fios. Um cronograma não precisa ter muitos detalhes e nem ser muito comprido, você pode começar aos poucos fazendo tratamentos que você já faz e adicionando outros durante a semana.

Cronograma capilar:

  1. Cronograma capilar para cabelos muito danificados
  2. Cronograma capilar para cabelos pouco danificados
  3. Cronograma capilar para cabelos saudáveis
5- Não use produtos a base de vaselina e óleo mineral

Esses ingredientes são difíceis de retirar quando aplicados aos cabelos, isso faz com que os fios ressequem e que o produto fique por muito tempo fazendo com que os cabelos tenham que ser lavados com mais frequencia com shampoo.

É comum que quem tem cabelo crespo goste de utilizar esses ingredientes nos fios, porém, além de serem difícieis de remover, tanto a vaselina quanto o petróleo ou óleo mineral, acabam bloqueando a umidade dentro do cabelo impedindo que a umidade de fora dos fios penetrem.

6- Não tenha pena de usar acessórios

Além de mega hair, laces e perucas, o uso de outros acessórios também são bem vindos nesses casos. Brincos, lenços, turbantes e outros são perfeitos para quem busca valorizar sua beleza.

7- Não use produtos adoidada

Quando estamos na transição capilar, aumejamos o cabelo dos sonhos o mais rápido possível. Então, buscamos por diversos produtos com diferente funcionalidades para alcançar nosso objetivo, porém, isso pode ser um erro, pois além poder danificar nossos fios, estamos gastando nosso precioso dinheiro com produtos que muitas vezes não dão certo!

8- Não foque apenas em crescimento

Você conhece aquele ditado que diz:"Quantidade não é qualidade"? Ele está totalmente certo. A maior preocupação de muitas pessoas que começam a transição, é o crescimento capilar. Isso faz com que fiquemos muito ansiosos, fazendo com que a vontade de cuidar dos cabelos curtos suma quase que completamete.

Não adianta ter cabelos longos se eles aparentam estar quebradiços e feios. Cuidar da saúde do corpo, contribui muito na saúde dos fios. Quando cuidamos bem deles com uma boa alimentação e cronograma capilar, ambos ficam lindos. 

É muito importante entender o crescimento dos nossos fios. Dessa maneira, é mais fácil focar no tratamento deles mesmo que ele não cresça como a média dos cabelos crescem que é um centímetro por mês. 

Assim, lembre-se que o fortalecimentoe saúde dos seus cabelos é muito mais importante que a velocidade em que ele cresce. 

9- Não foque em definição 

Como já mencionado, muita gente que inicia a transição não sabe qual é a curvatura do seu cacho (3A,3B,3C..). Mas entender o seu tipo de cabelo é muito importante para poder cuidar dele, pois alguns não formam cachos. 

Algumas pessoas começam a transição aumejando um tipo de cabelo que não tem e acaba se frustrando. Mas a única coisa que importan mesmo é se ele está saudável e bem cuidado. 

10- Filtre os melhores conselhos

Existem diversos grupos voltados para quem está em transição ou quem tem um determinado tipo de cabelo. Talvez você está ou esteve em algum deles, mas é muito importante que tome cuidado com os conselhos que leva para si dentro desses grupos.

Dicas de produtos, receitas caseiras e outros, devem ser usados e feitos com cautela, afinal cada cabelo é único e o que funciona para um, pode ser que não funciona para o outro.

11- Não se importe com comentários infelizes 

Quando começamos a transição logo vem o falatório. Muitos dos comentários podem ser de bom tom, mas outros não. Alguns comentários podem ser desagradáveis, mas lembre-se de que o cabelo é seu e quem tem que gostar dele é você! 

Independente de chegar até a reta final da transição ou não, você já venceu por tentar. O importante é que cuide bem de você. Caso ainda não tenha feito seu big chop, leve o tempo que achar necessário sem pressa e sem neura.

Mais ideias no Pinterest Quinze Pras Nove Blog
Instagram do blog @quinzeprasnoveblog

5 comentários

  1. Já fiz BC e confesso que foi um período muito chato. Se tivesse visto essas dicas antes seria melhor.😉
    Ainda bem que na época fiz no salão mesmo...menos 1 coisa para se preocupar.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Oi, tudo bem? Tenho progressiva no meu cabelo mas nunca pensei em deixá-lo natural novamente. Gosto dele liso, pra mim é mais fácil de cuidar. Um abraço, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já fiz progressiva, mas na época de alisada eu me dava melhor com guanidina. Amava muito!

      Excluir
  3. AMEI as dicas Ana!! Me lembro bem como é complicado passar pela transição capilar, e o big chop é uma das soluções, eu fiz o meu depois de um ano sem passar químicas. No início foi beem difícil, mas não me arrependo nem um pouco. É uma sensação maravilhosa ver os cachinhos crescendo né!?
    Quero Detalhes

    ResponderExcluir

- Esse espaço está sempre aberto para dicas, críticas construtivas opiniões e sugestões. Isso é de grande importância para o andamento do blog e me incentiva a continuar.
- Não é permitido spam.
- Não é permitido comentário que não tenha ligação com o post.
- Clique em notifique-me para receber uma notificação quando eu responder seu comentário.