By Ana Letícia

Cravos e espinhas: causas e tratamento

Existem diversos fatores que podem causar os temidos cravos e espinhas. Veja agora quais são as causas e como tratar deles.

Cravos e espinhas

Os cravos e espinhas podem diminuir a autoestima. A acne é uma doença provocada pela obstrução das glândulas da pele, assim formando erupções e inflamações.

Porém, os cravos e espinhas podem ser controlados ou até mesmo evitados com os devidos cuidados com a pele e utilizando produtos específicos para isso. 

Para te ajudar, reunimos as principais informações sobre as causas e tratamento que você pode fazer para evitar esses problemas de pele.

Tipos de cravos e espinhas

Existem dois tipos de acne, elas podem ser internas ou externas. Veja abaixo como identifica-los:

Espinha externa: a espinha externa é a mais fácil de identificar por ser visível. Ela é uma lesão de acne que é muito comum em peles oleosas e mistas.

+Leia Tipos de pele: saiba qual o seu

Espinha interna: conhecida cientificamente como acne nódulo-cística, a espinha interna é um tipo de acne que surge na camada mais profunda da pele, ou seja, pode ser identificada com o toque. Ela é mais dolorosa e pode surgir em pessoas de qualquer faixa etária.

Mesmo sendo de tipos diferentes, o tratamento para esses dois tipos de acne são o mesmo e você vai entender melhor neste artigo.

Já os cravos também são categorizados em dois diferentes tipos: os pretos e brancos. Contudo, a cor não importa, pois, eles surgem pelo mesmo motivo.

O que são cravos?

Também conhecidos como comedões, os cravos são pontinhos brancos ou pretos que podem surgir na pele. Cravos pretos consistem em um folículo capilar ou poro aberto, já os brancos consistem em um poro ou folículo fechado.

Diferente do que muitos pensam, cravos não são 'bichinhos' morando em nossa pele, são apenas acumulo de sebo no interior dos folículos. Mas, existem ácaros e bactérias que costumam gostar de gordura que não tenha contato com o ar.

O que são espinhas?

A acne é uma lesão causada devido ao aumento da produção de sebo das glândulas sebáceas. A oleosidade em excesso obstrui os poros aumentando a proliferação de bactérias na pele. Quando ocorre a inflamação, são chamados de espinhas.

Ela é mais comum em jovens e adolescentes podendo variar entre as grandes e sensíveis e as que possuem mais pus.

Por que cravos e espinhas surgem na pele?

Os cravos e espinhas surgem na pele devido a uma junção de alguns fatores, esses que envolvem excesso de produção de oleosidade da pele, acúmulo de bactérias que tendem a inflamar. 

Os primeiros sinais da acne podem surgir na adolescência que é a época em que o descontrole dos hormônios aumentando a produção de sebo das glândulas sebáceas, obstruindo os poros e levando à formação das pústulas.

Cravos e espinhas podem ser espremidos?

Segundo especialistas cravos e espinhas não podem ser espremidos. Quando uma lesão é espremida, furada ou cutucada, pode causar manchas ou se transformar em algo pior. Isso ocorre, pois quando cutucamos a pele as bactérias nas mãos acabam se espalhando pela pele provocando uma ifecção.

Quer saber quais são as causas dos cravos, espinhas e os melhores tratamentos? Descubra neste artigo agora mesmo.

Cravos e espinhas: causas e tratamento

Como já mencionado, os cravos e espinhas surgem devido ao excesso de produção de óleo natural que a pele produz junto com bactérias. Além disso, o acúmulo de células mortas, hormônios desregulados e outros fatores, também podem resultar em lesões.

É muito importante evitar que elas surjam mantendo a pele sempre limpa, fazendo esfoliações regularmente, ter uma boa alimentação e utilizar os produtos corretos para seu tipo de pele.

Abaixo você vai ver o que mais pode causar cravos e espinhas, e logo depois você verá quais tratamentos fazer para que elas sumam e até mesmo para evitar que elas apareçam.

Causas

1- Dormir de maquiagem ou não removê-la

Retirar a maquiagem é muito importante para a saúde da nossa pele. O acúmulo de produtos, como base, pó compacto e outros na pele, podem causar a obstrução dos poros fazendo com que cravos e espinhas apareçam.

Isso ocorre bastante também quando os produtos utilizados não são de boa qualidade. Principalmente quando esses produtos que possuem uma composição que não é adequada para a sua pele. O ideal nesse caso é sempre remover a maquiagem com removedor e depois lavar.

2- Utilizar produtos incorretos

Começar a fazer uma limpeza de pele diária, é um grande passo para manter ou devolver a saúde da pele. Se sua pele for oleosa e você utiliza produtos para a pele seca, que é a base de óleos, o efeito é o contrário do esperado.

O ideal é ter cuidado com uso de produtos utilizando apenas aqueles feitos para seu tipo de pele. Leia bem o rótulo e fique sempre atento a isso e se possível ir a um dermatologista fazer uma avaliação para poder começar a cuidar da pele utilizando os produtos corretos.

3- Fazer limpeza de pele incorreta

Quando não fazemos a limpeza de pele de maneira correta, pode obstruir os poros devido ao acúmulo indevido de oleosidade na pele. Como já dito, isso pode facilitar o surgimento de cravos e espinhas.

4- Usar maquiagem vencida

A maquiagem também tem um prazo de validade e quando usada fora desse prazo, as espinhas podem surgir em pouco tempo. 

O correto é se atentar a isso sempre verificando a validade de um produto antes e depois de comprar. Isso deve ser feito principalmente com base, pó compacto e outros.

+Leia Não passe essas coisas no rosto

5- Adolescência

É muito comum que os cravos e espinhas comecem a aparecer durante a adolescência. Isso acontece, pois, a adolescência é quando os hormônios aumentam também fazendo com que a pele produza mais oleosidade.

Mas esse não é um caso exclusivo da adolescência, pois os cravos e espinhas podem surgir em qualquer idade, incluído a fase adulta e idosa.

6- Muita exposição ao sol

A exposição excessiva aos raios UV pode aumentar a produção de óleo da pele resultando em espinhas e cravos. Para uma proteção mais adequada, não deixe de usar sempre protetor solar na pele mesmo sem sair de casa, pois além de evitar espinhas ele pode te ajudar a evitar o envelhecimento precoce.

+Leia Envelhecimento precoce: o que é e como prevenir

7- Gestação

A gravidez é um período cuja produção de espinhas também é recorrente. Isso ocorre por conta do aumento de progesterona que aumenta a produção de oleosidade da pele resultando nos cravos e espinhas,

Tratamentos

Existem diversos tipos de tratamentos para a pele quando o assunto é o surgimento de cravos e espinhas. Elas podem ser tratadas para que não apareçam mais e até mesmo evitadas.

Para que elas desapareçam de uma vez por todas, o ideal é ir a um dermatologista e dessa forma ele poderá fazer uma avaliação do seu problema de pele e indicar os produtos certos para você.

Apenas o dermatologista vai poder indicar o melhor tratamento para seu problema. Esses tratamentos podem ir de produtos de uso tópico até o famoso Roacutan, que é um remédio. De qualquer maneira, o correto é não se medicar por conta própria.

Para entender melhor os principais tratamentos feitos, leia a lista abaixo:

1- Remédios tópicos

Remédios tópicos são frequentemente utilizados para casos mais severos de espinhas. Eles são em forma de creme e possuem substâncias para serem utilizados no período da noite.

Esses produtos impedem que novos cravos e espinhas surjam. Eles podem ser encontrados em farmácias, em lojas virtuais de cosméticos ou físicas.

2- Produtos de cuidados com a pele

Existem diversos produtos em formas de creme, gel, loção, óleo e outros que podem auxiliar no controle de lesões. É possível encontrar esses produtos em lojas, farmácias ou até mesmo na internet, já que o mercado virtual tem crescido muito nos últimos tempos.

Utilizar produtos de cuidados com a pele é perigoso apenas quando usado de maneira incorreta como já mencionado. Opte por produtos para seu tipo de pele.

Clique AQUI e encontre os melhores produtos de cuidados com a pele

3- Anticoncepcional antiandrogênico

Alguns anticoncepcionais são utilizados para tratamento contra a acne principalmente durante ou no período pré-menstrual. Nesse caso, apenas um ginecologista pode indicar esse tipo de tratamento e qual anticoncepcional você pode usar.

4- Creme secativo

Esse produto pode ser em pasta, gel ou creme. Eles devem ser aplicados diretamente na espinha para seca-la. Esse tipo de produto possui substâncias antissépticas que impede que as bactérias se proliferem.

Veja abaixo os melhores produtos para secar as espinhas do seu rosto:

Para comprar clique nos links acima. Você pode encontrar produtos variados e com diferentes preços que cabem no seu bolso.

Atualmente, cuidar da pele e principalmente tratar ou evitar espinhas e cravos não é um trabalho difícil hoje em dia, pois o acesso à informação e aos produtos aumenta cada vez mais.

Gostou do conteúdo? Compartilhe com seus amigos para ajudar no crescimento do blog!

Mais ideias no Pinterest Quinze Pras Nove Blog
Instagram do blog @quinzeprasnoveblog
10 principais causas de espinhas e como tratar

2 comentários

  1. O seu post tem bastante informação sobre o assunto, cravos e espinhas é um problema que afeta muitas pessoas, bjs.

    ResponderExcluir
  2. A acne deve ser tratada quanto mais cedo melhor. Existem vários tipos de acne, os mais comuns são quatro, parece brincadeira mas é verdade.

    ResponderExcluir

- Esse espaço está sempre aberto para dicas, críticas construtivas opiniões e sugestões. Isso é de grande importância para o andamento do blog e me incentiva a continuar.
- Não é permitido spam.
- Não é permitido comentário que não tenha ligação com o post.
- Clique em notifique-me para receber uma notificação quando eu responder seu comentário.