By Ana Letícia

Ácidos para a pele: veja como usar e para que servem

Ácidos para a pele são muito comuns, pois eles podem prevenir o envelhevimento precoce, clarear manchas hidratar e até mesmo controlar a oleosidade. Confira alguns ácidos, para que servem e como usa-los.

Ácidos são substância que podem ser utilizadas na dermatologia para diversos tipos de tratamento na pele. Essas substâncias proporcionam vários benefícios e são bastante procurados por pessoas que buscam tratar a pele.

+Leia Tipos de peles: saiba qual é o seu

Os ácidos podem auxiliar na eliminação de células mortas da pele, evitar aparecimento de rugas, estimulam a produção de colágeno e elastina e combater a acne, além de poder usar na esfoliação.

Atualmente, tais substâncias estão à disposição no mercado, com isso, muitas pessoas ficaram curiosas sobre os tipos de ácidos e como eles podem ser utilizados. Pensando nisso, selecionei algumas delas para sanar dúvidas sem deixar curiosidades. Para descobrir os tipos de ácidos para a pele e como usar, continue lendo!

Ácidos para a pele

Ácidos para a pele: veja como usar e para que servem

Ácido Salicílico

Esse ácido pertence ao grupo dos beta-hidroxiácidos possuindo propriedades esfoliantes que regulam a produção de sebo, evitando contaminação de fungos e bactérias. ácidos salicílicos são bastante utilizados para diminuir a acne e a oleosidade da pele, ele também possui ação anti-inflamatória, remove células mortas. Ele também pode ser combinado com outros tipos de produtos. Em resumo, ele age na pele quebrando ligações de queratina e é bastante usado em procedimentos como o peeling.

Ácido Hilauronico

O ácido hilauronico já é naturalmente produzido pelo nosso organismo. Ele é um componente fundamental para nossa pele, porém, com o tempo ele é perdido e assim vão surgindo as rugas com a perda da elasticidade devido a falta do ácido.

Sua função é hidratar e manter a elasticidade da pele. Ele está presente em diversos produtos e é usado para o preenchimento de olheiras, linhas finas e maçãs do rosto. O ácido hilauronico também é responsável por repor a densidade da pele e evitar ressecamento.

+Leia Ácido hilaurônico: o que é e para que serve

Ácido Retinoico (Tretinoína)

Derivado da vitamina A, esse ácido também conhecido como Retinol que também estimula a produção de colágeno, previne rugas, linhas de expressão e aumenta a firmeza da pele. Esse ácido é utilizado para tratamentos que estimulam a renovação celular, ele deixa a pele mais fina e a tonaliza. As aplicações do retinol normalmente são feitas em consultório e os intervalos entre uma aplicação e outra são de alguns dias.

Para quem é paciente e pode esperar por resultados a longo prazo, pode usar o ácido em menor concentração em loções, gel e cremes. Ele também pode ser ultilizado no peeling que proporciona um efeito mais rápido.

Ácido Tranexâmico

Utilizado no tratamento de manchas feitas pela acne. Com o uso do ácido tranexâmico pode ser que a pele fique seca, fique escamosa e também fique vermelha, essas reações são bem comuns. Então é importante que esse procedimento seja realizado por um profissional habilitado.

Ácido Ascórbico 

Derivado da vitamina C, esse ácido tem alto poder antioxidante. Ele aumenta a proteção do filtro solar e é capaz de melhorar a textura da pele. Ele auzilia no clareamento da pele estimulando a produção de colágeno e evita o envelhecimento precoce, que é um dos maiores vilões e a causa pode vir até mesmo da exposição solar.

Kójico

O kójico é um ácido que está presente em alimentos que consumimos no nosso dia a dia como uvas, soja fermentada e até mesmo no arroz. A substância não é fotossensível, por isso pode ser utilizada durante o dia, o que o difere dos outros ácidos. Além disso, ele inibe a formação de manchas na pele e apresenta ação clareadora suavizando melasmas e manchas causadas pelos raios solares.

Ácido Ferúlico

O ácido ferúlico é uma substância que possui propriedades clareadoras e antioxidantes. Ele é utilizado em fórmulas de produtos de cuidados com a pele, como cremes. O ácido também está ligado à vitaminas antioxidantes que são as C e também a E. Essas vitaminas auxiliam na prevenção do envelhecimento precoce, akpem de prevenir a vermelhidão na pele pós exposição aos raios solares.

Ácido Cítrico

O ácido cítrico é orgânico e pode ser encontrado em citrinos, ele possui um poder antioxidante. Ele proporciona o clareamento da pele e a renovação celular. Além disso, ele tem forte presença em peelings químicos. Atualmente, o ácido cítrico que é comercializado é originada por fermentação, apenas uma minoria é retirada das frutas.

PHAs

Esses são os poli-hidroxiácidos que são indicados para a doença crônica da pele conhecida como rosácea que causa vermelhidão. Para que possui pele sensível e costuma ter mais irritação na pele, eles são ideais já que eles não se aprofundam em camadas mais profundas.

Ácido Glicólico

Esse ácido possui propriedades esfoliantes que agem em radicais livres, promovem a síntese de colágeno e facilitam a penetração de ativos na pele. Ele é ideal para quem quer acabar com as estrias, cicatrizes causadas pela acne e para o rejuvenescimento da pele.

+Leia Cravos e espinhas: como evitar

Como os ácidos para a pele são usados

Como os ácidos devem ser guardados

Muita gente tem curiosidade de saber como os ácidos devem ser guardados. Acontece que isso vai depender do tipo de ácido, e alguns casos, certos tipos devem ser mantidos na geladeira. Em geral, os ácidos devem permanecer fora da exposição de temperaturas altas e do sol.

Como os ácidos para a pele são usados?

Dermocosméticos: Como já mencionado, os ácidos estão presentes em pequenas quantidades nos cosméticos para a pele, como géis, maquiagens, hidratantes, protetores solares, cremes e outros. Essa é a maneira que proporciona bons resultados a longo prazo e menos agressiva.

Peelings físicos: Os peelings físicos são procedimentos relizados por profissionais habilitados. Eles são ideais para tratamentos para estrias, por exemplo. O efeito esfoliante proporciona uma pele renovada, além de favorecer a penetração de ativos.

Peelings químicos: O peeling químico é realizado com os ácidos próprios para a esfoliação.

Mais dicas no Pinterest Quinze Pras Nove Blog

Instagram do blog @quinzeprasnoveblog

Nenhum comentário

Postar um comentário

- Esse espaço está sempre aberto para dicas, críticas construtivas opiniões e sugestões. Isso é de grande importância para o andamento do blog e me incentiva a continuar.
- Não é permitido spam.
- Não é permitido comentário que não tenha ligação com o post.
- Clique em notifique-me para receber uma notificação quando eu responder seu comentário.