By Ana Letícia

Foliculite: como tratar e evitar

A foliculite é algo que incomoda muitas pessoas. Elas podem surgir em qualquer área do corpo que possua pelos. Você sofre com esse problema? Veja como tratar e até mesmo evitar ter foliculite.

Muita gente ainda tem dúvidas sobre esse assunto, pois é algo que afeta um bom número de pessoas. Os folículos pilosos estão espalhados pelo corpo, menos em àreas como os lábios e palmas das mãos, por  exemplo. Quer saber como tratar e até mesmo evitar? Continue lendo!

+Leia Tipos de peles: saiba qual é o seu

O que é foliculite?

A foliculite é uma infecção de pele que começa a partir dos folículos pilosos. Ela é causada pela infecção fúngica ou bacteriana, porém, também pode ser causada por inflamação de pelos incravados ou vírus. A foliculite possui a mesma aparência das espinhas, contudo, em tamanho menor. Essa infecção mesmo sendo na superfície da pele, pode doer e coçar. Em alguns casos, que são em casos de inflamação recorrente e mais graves, ela precisa ser tratada em por um médico dermatologista, mas na maioria dos casos, os não graves, ela se cura sozinha.

Agora que já sabe o que é, você vai ver como pode tratar e evitar a foliculite. Para ficar por dentro de tudo, continue lendo!

Tipos de Foliculite

Foliculite Profunda

Existem dois tipos de foliculites: a profunda e a superficial. Começando pela profunda, ela é uma variante da superficial, ou seja, é uma complicação. Esse tipo de foliculite pode levar até mesmo ao furúnculo e é o tipo mais raro.

As foliculites profundas podem ser classificadas por:

Foliculite Eosinofílica

Esse tipo de foliculite surge bastante em pessoas com HIV. Essa doença é caracterizada por feridas com pus, manchas inflamadas na área do rosto, vezes nos braços e podem até coçar. Essas feridas normalmente se espalham deixando as áreas que afetam bem escuras. 

Foliculite Gram-negativo

Esse tipo de foliculite profunda tende a se desenvolver com o uso prolongado de antibióticos para o tratamento de acne. Isso ocorre pelo fato de que esse tipo de medicamento altera o equilíbrio normal da pele fazendo com que bactérias como as gram-negativas se desenvolvam.

+Leia Cravos e espinhas: como evitar

Sycosis Barba
Esse tipo de foliculite é quando a inflamação é espalhada por todo o folículo piloso depois de barbear. Isso acontece iniciando nos lábios superiores, mandibula e queixo.
Carbúnculos e Furúnculos
Carbúnculos ou furúnculos são infecções com estafilococos. O tamanho deles reflete na quantidade de pus que existe por dentro e quanto mais, a dor é mais intensa. Em casos de lesões muito grandes, pode ocorrer cicatriz no futuro. Essa inflamação é bem avermelhada e inchada como uma enorme espinha.
Foliculite Superficial
Ao contrário da foliculite profunda, a superficial é a mais comum surgindo na parte superior do folículo piloso. Elas normalmente são denominadas como:
Foliculite Pitirospórica
Esse tipo de foliculite superficial é mais comum em homens adultos e adolescentes. Ela ocorre devido a um fungo responsável por causar inflamações avermelhadas, normalmente no peito, nas costas e coçam bastante. A depender da situação, ela pode afetar os ombros, rosto, braços e pescoço.
Foliculite por Pseudômonas
Ela é causada por bactérias pseudônomas que normalmente se desenvolvem em ambientes aquáticos. Além disso, ela é conhecida também como foliculite da banheira quente por ocorrem após hidromassagem e piscina. 
Pseudofoliculite da Barba
Esse tipo de foliculite superficial é uma inflamação que surge apenas em homens. Elas só aparecem nos folículos pilosos infeccionados na área da barba. 
Foliculite Estafilocócica

Esse tipo de foliculite pode ocorrer em qualquer região do corpo causando muita coceira e inflamação com pus. Em caso de locais úmidos, eles são mais propensos à essa infecção.

Foliculite

Foliculite: como tratar e evitar

Como tratar

Antes de qualquer coisa, é importante lembrar que apenas médicos dermatologistas habilitados são capazes de indicar o melhor tratamento para a foliculite. Principalmente em casos mais graves como a profunda.

Para começar, é importante optar pelo uso de sabonetes neutros tendo cuidado com a temperatura da água na hora do banho.

Além disso, a foliculite pode ser tratada com cremes, poramas ou medicamentos. A depender do tipo de foliculite, o tratamento pode ser feito de maneiras diferente, visto que existem mais graves e as menos graves.

É comum que na área da virilha apareçam foliculites. Para trata-las é importante realizar a higiene no local com sabonete antisséptico e água morna. Se o dermatologista achar necessário, ele pode receitar outros meios como, pomadas e cremes.

Caso queira tratar em casa para complementar o tratamento dermatológico, você pode recorrer a outras maneiras como: evitar cutucar ou coçar o local, fazer use de cremes após barbear, utilizar sabonete antisséptico após banho em locais públicos como piscina e outros.

Como evitar

Se você sofre por conta de foliculite, existem alguns cuidados básicos e fáceis que você pode realizar no seu dia a dia para evita-las.

A primeira coisa que deve ser feita, é manter a pele sempre limpa e seca. Hidratar também é algo importante. 


Para os homens, os cuidados ao fazer a barba são inevitáveis nessa questão. Nesse caso, o melhor é optar por barbeador elétrico.

Para as mulheres, é necessário que tenha cuidado quando a depilação é feita com lâmina. Por este motivo, muitas preferem fazer a depilação a laser para evitar a foliculite.

Evitar a foliculite não é tão difícil como parece, para algumas pessoas pode parecer um bicho de sete cabeças, mas na real, é bem mais simples do que pensam. Se achar melhor, pode ir a um esteticista para realizar a depilação e também obter dicas de como você pode evitar essas pequenas bolhas indesejáveis.

No geral, é mais fácil evitar do que tratar a foliculite, mas se você já sofre desse problema, o melhor a se fazer é recorrer a um dermatologista para que ele indique o melhor tratamento, visto que cada tipo de foliculite pode indicar um tipo de problema. Não esqueça que a melhor pessoa para te ajudar nesse quesito é um médico habilitado.

Mais dicas no Pinterest Quinze Pras Nove Blog

Instagram do blog @quinzeprasnoveblog

Um comentário

  1. Nossa essa doença é muito incômoda, minha filhota já teve e volta e meia retorna,o segredo é mesmo manter a pele hidratada e limpa.Seu artigo é ótimo até mostrei pra ela, pois contém informações mais precisas,bjus.

    ResponderExcluir

- Esse espaço está sempre aberto para dicas, críticas construtivas opiniões e sugestões. Isso é de grande importância para o andamento do blog e me incentiva a continuar.
- Não é permitido spam.
- Não é permitido comentário que não tenha ligação com o post.
- Clique em notifique-me para receber uma notificação quando eu responder seu comentário.